Pular para o conteúdo

Inaugurado novo Centro de Atenção Psicossocial do hospital universitário da Rede Ebserh/MEC em Juiz de Fora (MG)

Juiz de Fora (MG) – O novo prédio do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) do Hospital Universitário da Universidade Federal de Juiz de Fora e vinculado à Rede Ebserh/MEC (HU-UFJF/Ebserh/MEC) foi inaugurado neste sábado, 4, com a presença do presidente da Rede Ebserh/MEC, Oswaldo Ferreira. Conhecido como Caps Liberadade, o novo centro recebeu R$ 1,8 milhão em investimentos da UFJF e profissionais contratados por meio de concurso público realizado pela Ebserh/MEC.

Inaugurado novo Centro de Atenção Psicossocial do hospital universitário da Rede  Ebserh/MEC em Juiz de Fora (MG) — Ebserh


Oswaldo Ferreira ressaltou a possibilidade de atendimento de diferentes complexidades, de acordo com a necessidade de cada indivíduo, além do apoio à formação de profissionais de saúde. “Essa obra é muito importante pois a atuação multidisciplinar do Caps no nosso HU trará um avanço ainda maior no ensino, pesquisa e extensão aliados com a assistência de qualidade na especialidade de saúde mental, área muito impactada nesse cenário de pandemia”, avaliou o gestor.

A mudança para o novo prédio impactará positivamente a assistência e o ensino no hospital da Rede Ebserh/MEC, melhorando o acolhimento aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), as condições de trabalho da equipe e as atividades dos residentes, com espaços mais amplos de atendimentos e oficinas, salas especificas para preceptoria e estudo, salas amplas para reuniões e aulas.

Segundo o superintendente do hospital, Dimas Araújo, o novo Caps é um importante cenário para o ensino de graduação e das residências do HU, em especial, a residência médica em Psiquiatria e da multiprofissional em Saúde Mental. “Nele são desenvolvidos projetos de extensão, estágios curriculares e projetos de pesquisa. Desde sua criação o CAPS HU, conhecido como CAPS Liberdade, vem prestando um serviço de excelência para os usuários do SUS e contribuindo na formação de nossos alunos no campo da saúde mental. Com a nova unidade, todos os serviços prestados ganharão em qualidade, humanização e melhorias no ensino”.

Também participaram da inauguração a secretária municipal de saúde, Ana Pimentel, e o reitor da UFJF, Marcus David, dentre outras autoridades.

O que são os Caps

Para entender melhor essa história, é importante rememorar o modelo de assistência em saúde mental no Brasil, predominantemente centrado na segregação e na violência. A partir da década de 1970, começam a ser discutidas mudanças que incorporavam recomendações da chamada reforma psiquiátrica. O objetivo foi estabelecer um novo olhar para o cuidado de pessoas com transtornos mentais, a partir de um atendimento mais humanizado e com a participação ativa do próprio paciente. Nesse contexto de reformas, os Caps surgem como um serviço comunitário e de portas abertas, oferecendo diversos serviços e atendimento multidisciplinar.

Números do novo Caps

Hoje, o Caps Liberdade tem aproximadamente 600 pacientes em acompanhamento ambulatorial e 120 em acompanhamento mais intensivo. O edifício possui um total de 1,3 mil m² de área construída em seus dois pavimentos e foi projetada pelo arquiteto José Gustavo Francis Abdalla, diretor Faculdade de Arquitetura da UFJF.

O primeiro pavimento possui recepção, vestiários, banheiros, refeitório, cozinha, consultório médico, posto de enfermagem, salas de oficinas, pátio externo descoberto para atividades laborais, 42 vagas de carros de estacionamento, 10 vagas de motos de estacionamento, dentre outros espaços. O segundo pavimento inclui recepção, vestiários, banheiros, farmácia, consultórios médicos, sala de aula para 40 alunos, biblioteca e outras áreas.

Sobre a Rede Ebserh

O HU-UFJF faz parte da Rede Ebserh desde novembro de 2014. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Vinculadas a universidades federais, essas unidades hospitalares possuem características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde das regiões em que os hospitais estão inseridos.

FONTE: Assessoria de Comunicação Social do MEC com informações da Ebserh

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *