Pular para o conteúdo

RESIDENCIAIS 5.0 WELLNESS COM SAÚDE CONECTADA

A Arquiteta Mariana Mie Chao esteve hoje (19/06) presente no Seminário Luso-Brasileiro de Inovação & Envelhecimento Humano apresentando o painel Ambientes conectados de Bem-Estar e Humanização: Uma abordagem de projeto de Design. O seu projeto RESIDENCIAIS 5.0 WELLNESS COM SAÚDE CONECTADA, é um projeto humanizado de design para saúde, bem-estar e estilo de vida com o foco de proporcionar uma residência que consiga acompanhar cada fase da vida, do processo de envelhecimento do corpo ao amadurecimento da mente, não esquecendo de proporcionar saúde e bem-estar.

Mariana é formada pelo Centro Universitário Belas Artes de São Paulo e atua com Arquitetura Integrada a Telessaúde de Estilo de Vida. As moradias inteligentes Wellness representam uma abordagem inovadora de estilo de vida, alinhada às tendências da sociedade 5.0. Vai além de simplesmente criar espaços funcionais e seguros para evitar acidentes. Inclui um nível de automação com o uso da inteligência artificial, visando promover o bem-estar e a saúde conectada por meio de um design que se adapte às necessidades domiciliares.

Nesse conceito, os domicílios projetados ou adaptados apresentam diversas características fundamentais. São reversíveis em termos de funcionalidade, possuem armazenamento planejado de materiais e facilitam a higienização. Também garantem um ambiente saudável, protegendo contra umidade, mofo, baixa umidade e insetos. Contam com sinalizadores verticais e horizontais, além de um sistema de alerta integrado que inclui recursos de musicoterapia, cromoterapia e aromaterapia, proporcionando uma experiência de bem-estar imersiva. Além disso, oferecem recursos que garantem um mínimo de conforto em situações de falta de energia.

Os cuidados domiciliares vão além do atendimento ao paciente doente, abrangendo o cuidado integral da família como um todo, conhecido como Family eCare.

Em sua palestra, Mariana deixou evidente que investir em bem-estar e qualidade de vida é muito mais gratificante do que gastar com medicamentos e doenças. Para que o sistema de saúde e o setor econômico cresçam de forma sustentável, é essencial que médicos e planos de saúde comecem a prescrever hábitos saudáveis como medidas preventivas, não se limitando apenas ao tratamento de doenças. Nesse sentido, a implementação do ecossistema residencial 5.0 com saúde conectada se mostra uma prática economicamente viável e benéfica não apenas para os usuários, mas também para a economia mundial como um todo.

Juliana Mucury – Relações Públicas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *